23 de nov de 2005

Aos Filhos de Sagitário



Era claro e sábio
Era manso, metade animal
E livre como ancião
Que já não teme o final
E eu amava, amava
Adormecia com gosto de sal na boca
E amava assim
Com a devoção natural
Dos deuses, dos animais
Ah! quanto tempo atrás
Ah! quantas noites passei
A galopar em você
Doce centauro, amo você
Doce centauro ...

(Oswaldo Montenegro - do musical A Dança dos Signos)


Esse (post) é para todos os sagitarianos (22/11 a 21/12), mais especialmente porém para meu queridíssimo amigo que está além-mar e é quase um capricorniano! Lula!

Nenhum comentário: