31 de ago de 2006

Aos Filhos de Virgem




"Virgem como a natureza do desconhecido
virgem como quem se muda e como quem virá
virgem como a fruta esperando a tal mordida
virgem como o garoto que espera atento a hora do jantar
virgem como a nuvem que ainda não choveu e o guia
e como é virgem toda noite enquanto o dia não pintar
virgem como a tela branca da pintora linda ainda é virgem
como a lua antes do sol iluminar
virgem como o olho de quem não dormiu e o guia
virgem como a planta do pé de quem não andar
virgem como o pássaro desvirginou o dia
quando desenhou no céu o mapa de onde o sol pode brilhar
virgem como a música do cantor que era mudo
e como o passarinho é virgem quando não puder voar
virgem como a bailarina sem coreografia
e como a pérola azulada que ainda não saiu do mar"

(Oswaldo Montenegro - do musical A Dança dos Signos)

27 de ago de 2006

Mistérios...

Alguém nos ajuda a decifrar os mistérios dessa canção?

1)o de obter a mp3. Ah, trata-se de música talvez do Renato Teixeira(?) sobre a qual falei aqui ano passado, "Mistérios". Para os preguiçosos com clicks: "O melhor mistério é ver mistérios/ai de mim, senhora natureza humana/olhar as coisas como são, quem dera..." Lembram?

2)será mesmo do Renato Teixeira a composição?

Leitor(es) (será que tá em alguma trilha de novela e eu não sei, hehehe) andam a procura, e eu bem que gostaria de tê-la também. Caso alguém tenha a mp3, envie ao maio26@gmail.com. Ficaríamos agradecidos.

Mistérios é uma palavra que me persegue. Não é a primeira música com esse título(será esse o título? Outro mistério...) que amo, embora essa aqui da Joyce seja bem mais do coração...

22 de ago de 2006

Curtíssimas

Ó como é bobinha a vida... Ó como somos bobinhos, nós, seus donos, a valorizar tão pequenas coisas...

-----------

Não há quem não melhore com a mente ocupada. Por isso tão estranha é a teoria dos que praticam a meditação. Esvaziar a mente, ora pois pois... Sábio o povo: "mente vazia, oficina do diabo!". Mas não, não abandonei a idéia da meditação. Só ando preferindo o parque.

-----------

Afinal: ser mãe é ser um gravador? Sim ou não?

-----------

Acreditem ou não, ainda não vi O Código da Vinci. A cópia pirata que tenho é péssima, não consigo passar do Louvre... Eu nem ligo, "ando meio desligada"... Digo, andava...

-----------

Prometo que hoje começo a leitura dos blogs amigos. Mesmo que não termine hoje...

-----------

Sério, parece que a Angelina saiu de casa. Demorou... Fim do casal Sr. e Sra. Smith? Coincidência...

-----------

Enfim, a criaturinha que gerei está sob a ducha. Depois ainda dissem que toda vida se inicia na água...

21 de ago de 2006

Segunda

Chega uma hora que fica difícil não ver, não entender, ser a eterna idiota que de nada se apercebe. A infância já passou.

O sórdido está em todas as partes. É preciso saber para afastar-se, proteger-se. E não adentrar na lama. Por mais que os sentimentos falem alto e tentem se impor, é preciso dizer quem manda. Por mais que doa. Um dia passa. E afinal, a vida não é apenas o que nos oprime. É preciso recordar que ela está lá fora apenas esperando que se rompa a crosta de desesperança em que se entra sozinho, não se sabe porque.

Parênteses. Não se sabe porque, mas a vida tem sua razões. Deve ter.

Boa segunda para todos. Vou começar minha semana agora, a partir dessas palavras. É tudo questão de atitude. Tem que ser.

19 de ago de 2006

Corre...

Já escolheu seu sonho?
















(Imagem captada aqui)


Escolheu? Não?

Pois então corre, senão ele te escolhe...

De Culinária

Almoço com cunhado e irmã achinesando o cardápio.

Carne acebolada e risoto chop-suey.

À noite tivemos gororoba no menu.

Percebem gororoba?

Uma frigideirada com tudo cozido que tenhas na geladeira. No caso rolou arroz com cenoura, farofa de cuscuz, quiabinho refogado. Tudo com dois ovos-lindos fritos (ovo lindo = ovo com tempero verde - leia-se tomate, cebola, cebolinha e coentro, que somos nordestinos). Pitéu.

Amanhã teremos peixe, receita que aprendi em programa televisivo local de gastronomia. Retire a espinha de um peixe serra inteiro, tempere com limão e sal. Faça uma farofa de jerimum com camarão. Recheie. Congele(!) por uma hora. Frite. Não sei se caberá na frigideira. Azeite nele (como prefiro, sem pena ou piedade).

Receita de um famoso restaurante do Point de Galinhas.

Cozinhar não só é arte como também é terapia.

17 de ago de 2006

Crepúsculo

A tarde
invade a
tarde
que invade a
noite que
invade a
tarde.
A tarde é teia que
desce
azul
tecendo a bruma.
A casa inteira
imersa em sombras.
À noite
a tarde finda
e arde,
instalada em matéria outra
mais densa, aquosa e íntima.



Ao som deste rio.

Leitores

Acho maravilhoso que tenha gente me lendo em lugares como Pedra Azul(MG), Ilhéus(BA) - onde já morei!, Peru, Três Corações(MG?) e Nilópolis(RJ). Obrigada!

O mundo é grande, a internet é grande, eu não a mereço.

Mesmo que nem sempre tenha o que ser lido aqui, voltem. Juro que eu serei uma blogueira melhor, assim que der. É que não ando disposta a aborrecer ninguém ultimamente, acreditem... Bjs...

10 de ago de 2006

"Hoje é sexta-feira"...

... prá mim, não sei para você...

----------------

Quer ler coisas lindas e arrepiantes? Leia esse moço estrangeiro. Lindo ao vivo, na tela e nas letras. Letras tão boas que deixo vocês sairem daqui para irem lá sem o Maio ficar pendurado...

----------------

Quer ser bichinho? Tá'qui ó... Eu? Deu águia na cabeça. Sei não, eu águia... Isso deve estar aí prumode eu não consegui me identificar com o Garfield, a Tartaruga Ninja ou



Você é uma águia!

A águia é o símbolo maior das aves e representa um estado superior elevado. Isto quer dizer que você tem grande facilidade para meditar e entrar em contato com o divino. Este é o grande mergulho da águia. Sua coragem e força são admiráveis. Você é capaz de voar e criar, sem perder a noção de onde fica o chão (o que é muito bom!). A águia também está associada à paternidade, sendo uma pessoa que cuida muito bem dos seus filhos.


----------------

Quer ler mais? Tem não... Beijinhos. Tô meio seca de idéias com esse retorno às aulas..

5 de ago de 2006

The question is

Dá para o Maio tocar música (tipo eu trocar de mp3 quando quiser)?

Quanto custa fazer um template exclusivo?

Nunca a interrogues

Quanto mais se passam os anos (e com eles iludo-me que aproxima-se a madureza), mais me apercebo com consciência de uma verdade que chegava na juventude por mera intuição: a vida nos leva, e contra este rio não nos cabe navegar. Há que seguir a correnteza. Comigo, foi sempre assim. Decidi muito pouco, compreendo - é leve meu coração, e deixo que a vida me carregue. Foi assim no amor, na vida familiar, na vida, na estrada. Tive sorte: sempre, ao lançar os braços em torno, tocava essa redoma de luz ou plasma na qual me mantêm. Não indaguem-me por que a sei: ela está aqui. A vida nunca me veio com despudor, com falta de medida, sou grata. Retribuo razoavelmente, assim penso. Não é assim com todos que se segue. A vida tem poder para fazer macio e fazer com dor, e há tantos a quem espanca quantos a quem agrada. Não somos, nenhum de nós, intactos a seu toque. A quem já não aconteceu algo cujo propósito escapou à lógica? Os acontecimentos são seus sopros, doces, ou medonhos. A fala popular revela, com sabedoria: "tem Deus seus próprios desígnios"; e é Deus a vida. A vida tem seus próprios motivos, sigilosos a nossa carcaça imperfeita e humana. Feridas se abrem, feridas se fecham, umas passam, outras duram, algumas não fecham nunca (porque será?). Assim é. Porque preciso passar por isto? Por que tem que ser assim? Não nos cabe entender, ainda. “Segue teu destino, rega tuas plantas, ama tuas rosas”, dizia o poeta. Cabe viver, resistir, empreender, transformar dor em sorriso, afirmar nossa grandeza, ainda que reféns sejamos dessa senhora. Um dia compreenderemos. É preciso crer, e obedecer à vida. Ela é maior do que somos, mas nos ama. Um dia, tocaremos suas vestes e ela sorrirá, alçando-nos a sua altitude e soltando nossos laços. Livres, planaremos junto a seus corpos e a ela nos fundiremos pela eternidade do universo.




Imagem captada aqui

"Mas serenamente
imita o Olimpo
no teu coração:
os deuses são deuses
porque não se pensam."
(Fernando Pessoa)

4 de ago de 2006

Letrinhas das antigas do Guilherme Arantes no sub-title, percebem? Só de antes dos anos 80, hehehehe.

Queria colocar essa aqui, mas não cabe...

1 de ago de 2006

Rapidinhas das oito (melhor que a novela das oito, ademais)

Cá entre nós: tem algo muito de podre no Gmail, né não? É aquela vez estória: quanto mais alto a árvore, maior o tombo. E este se aproxima, me parece.

--------------

Quem aqui gosta de Guilherme Arantes das antigas, levante a mão. Aquelas coisinhas adolescentes tipo "sair com a cara e a coragem da casa dos pais" ou "Mas ela não quer, mas ela não pode o pai dela não quer, o pai dela não deixa". Por favor, não me façam achar que só eu conheço, porque me sentirei em uma ilha deserta e distante se assim for.

Não, eu não gosto de Guilherme Arantes hoje, eu toco. Digo, da figura. Ficou sinceramente muito esquisito. Ô, preconceito. Mas vou confessar que não parei para ouvir coisas novas suas. Vou ver se tomo vergonha na cara. É um mal de que sofro em termos de música, quando alguém já fez coisas muito boas no passado eu não me preocupo em acompanhar suas atualizações.

Nossa, tinha coisas lindas que ele fazia. Espero que tenha mantido a qualidade.

"Qual, qual de vocês não acha belo
quando ela desce,
quando ela deixa tudo translúcido?
"
(A Cidade e a Neblina)

--------------

Minha filha anda muito afro. Ou então baixou um santo a La Bo Derek na menina. Só vive de trancinhas logo na franja, uma graça. Toda vez comento isto com ela e preciso explicar quem é Bo DerexDerek(!). Deixa mostrar-lhe uma fotinha:



---------------

Atualidades: ando péssimas quanto a elas. Parei sinceramente muuiiiiiiitooooooo de ver jornal. Tô ficando velha e cansada de tudo isso. Ah, eu sei, eu sempre achei muito feio o alienar-se do mundo; mas, que fazer, deve ser efeito deste inferno astral que está findando. De política, nem sei em quem vou votar ainda. De crimes, casos sensacionalistas (vide Dona Suzane) também. Problemas da cidade, é sempre tudo mesmice. Futebol? Eu não acredito nessa de Dunga como técnico da seleção. Muito oba-oba e pouca lógica, certo? Um novato na seleção... Bom, vai ver que dá certo, sabe-se lá os desígnios celestiais...

Fiquei sinceramente tocada com as demissões na Varig. Ó, senhor, eu sei o que é isto...

Agora, o Fidel adoecer e o irmão assumir, isto definitivamente merece um link. Porque chega a ser cômico. Entretanto, não deixo de admirar a fortaleza e história deste homem. Ainda que cheio de erros.

Recado para si mesma - e para quem aqui passar.



Viva.
Desamarre as desnecessidades.
Visualize apenas o que realmente importa.
Desfrute das benesses da natureza.
Corra, caminhe em meio a elas.
Dê espaço ao corpo que te foi ofertado.
Ame aos seus.
Ame aos que te amam.
Ame aos que amas.
Recolha os pequenos males inúteis que te tentam assolar.
Busque saídas, não importa quais.
Esqueça dos preconceitos ao procurá-las.
Reze.
Seja benzida, rezada, ungida.
Ouça música.
Relaxe, renove-se, revigore-se.
Afaste o lodo.
Afaste a dor.
Eles não levam a nada.
Observa tuas posses,
da terra, do ar.
Viva a vida que ela está cá para ser vivida.
Basta um pequeno passo.
E principalmente:
TENTE SER DIVERTIDA.
Por ninguém aguenta gente sorumbática.
Nem mesmo você se aguenta, desse jeito, Maria.