27 de mar de 2006

Há sentimentos que tem a mesma duração e a intensidade daqueles que nos chegam com a audição de uma música que nos toca.

Segui-los é sempre um erro. Sejam eles bons ou maus. Porque, como música, foram feitos para sobreviver em um instante, e serem mágicos ou destrutivos apenas naquele espaço de tempo que ocupam.

25 de mar de 2006

Momento Saco Laranja*

(ou será momento Edson Cordeiro?)

... porque eu também sou uma "Barbie girl, in my Barbie world"**, "das vez"...


Barbie Colecionável Sweet Valentine

*O Saco Laranja é o saco onde a Bruna põe as bonecas da coleção dela!

23 de mar de 2006

Dia de música. Dia de Poesia.

"Antes de fechar a porta e ir embora
não me venha dizer que está levando tudo
que deseja deixar
Pegue o seu medo e tristeza
e escreva nas páginas do livro deixado em cima da mesa
e não se esqueça
é preciso que um dia se vá prá que outro dia
amanheça...

Não esbarre na louça e repare no jardim
as plantas subindo pro céu
Nunca deixe de cantar a brisa
E de voltar quando queira

Não perca a altura do vôo, nem se desvaneça
O tempo é concreto e se você tem pressa
Não perca a cabeça

É preciso que um dia se vá prá que outro dia amanheça...
"
(Sérgio Sá - não sei o título desta música, que foi gravada por Jane Duboc a muitos anos atrás)



Aplico na veia
sem calma sequer aparente
minha dose diária de paixão.
Indispensável e absoluta,
Ela se ergue em acorde de majestade nas tardes amenas.
Tem graça de cordeiro ficto e destrói-me o frescor.
Mas reverbera na alma.

20 de mar de 2006

Do dia

O banco mais popular do país assumindo, no país, as atividades do cartão de crédito menos popular, uau... O mundo muda, anotar para não esquecer...

---------

Piadinha político-sócio-economicamente incorreta, enviada por email por ela (piadas são uma raridade aqui, mas, enfim, rir muitas vezes é não apenas o melhor remédio, e sim o único jeito...):

PLURAIS

1 advogado = um doutor
2 advogados = um escritório
3 advogados = uma reunião
4 advogados = uma quadrilha

1 arquiteto = uma bicha
2 arquitetos = uma bicha e um carnavalesco
3 arquitetos = uma bicha, um carnavalesco e um cabeleireiro
4 arquitetos = uma festa gay

1 carioca = 1 surfista
2 cariocas = 2 surfistas
3 cariocas = 1 boca de fumo
4 cariocas = um arrastão

1 gaúcho = um cabra macho, tchê !
2 gaúchos = uma briga de faca
3 gaúchos = um rodeio
4 gaúchos = uma parada gay

1 baiano = um escritor famoso
2 baianos = uma luta de capoeira
3 baianos = um grupo de axé
4 baianos = um terreiro de macumba

1 paulista = uma micro- indústria
2 paulistas = uma indústria de médio porte
3 paulistas = uma indústria de grande porte
4 paulistas = uma catástrofe ecológica

1 paraíba = um porteiro
2 paraíbas = repentistas tirando versos
3 paraíbas = um canteiro de obras
4 paraíbas = um caminhão de pau-de-arara indo para São Paulo

1 chinês = uma lavanderia
2 chineses = uma pastelaria
3 chineses = uma equipe de pingue-pongue
4 chineses = uma explosão demográfica

1 italiano = um jornaleiro
2 italianos = uma pizzaria
3 italianos = um ensaio de ópera
4 italianos = novela das oito

1 português = uma piada
2 portugueses = duas piadas
3 portugueses = três piadas
4 portugueses = quatro piadas

1 argentino = um alvo móvel
2 argentinos = dois alvos móveis
3 argentinos = melhor usar uma metralhadora
4 argentinos = time do corinthians

1 bêbado = um desajustado
2 bêbados = uma despedida de solteiro
3 bêbados = uma festa de formatura
4 bêbados = uma vitória da seleção

1 estudante = o futuro da União
2 estudantes = uma república em formação
3 estudantes = uma passeata
4 estudantes = um bando de desempregados

-----------

Estou aqui a ler estupefata o blog Superego e, coisa mais esquisita, gostando... Sim, sim, há ali fotos do Gil usando uma malhinha com tapa-sexo; o seu criador (o jornalista Galvão) diz que não vê sentido em artesanato; mas o fato é que aprecio sinceridade. Hoje li dois textos sobre aparências - uma entrevista que me mandou a minha mana, com o Roberto Shinyashiki, e outro texto contido neste blog. É o tema do dia. A frase do dia: "Hoje, como as pessoas não conseguem nem ser nem ter, o objetivo de vida se
tornou parecer
", do Shinyashiki. Ah, no Superego li sobre a Bruna Surfistinha : a moça é candidata à vaga na Academia Brasileira de Letras. Jesus. O pessoal do Pânico é vidente...

-------------

Paraa minha filhota: sim, amor, o outono começa hoje, foi a Querida que me disse...

18 de mar de 2006

Da noite, às dez horas

Eita, é boa essa novela. Boniiiiiiitaaaaa.... Qualidade digital, nível de produção de novela das oito, quiçá mini-série, me parece... É a concorrência...

--------------

Véspera de São José. Amanhã, aos que não sabem, é o dia em que, crê o sertanejo, chovendo, será ano bom para a plantação. Se estiver, pelo sertão, o calor premonitor de chuva que está aqui na terrinha, Deus permita se repita o aguaceiro do fim-de-semana do atoleiro nas bandas das terras secas...

--------------

Fui à missa (trigésimo dia da morte do meu sogro), o que não acontecia desde a última missa por defunto, e fiquei muito feliz por haver saído de lá tão leve. Das vez, recomendo. É uma pena que sempre esqueça que não faz mal nenhum ir à igreja vez ou outra, a depender do padre, é claro...

--------------

Na viagem da última semana, reconheci no velho Inácio um personagem do Graciliano Ramos. Juro. Queria que vocês o ouvissem conversando. Ah, a Gabi já viu, eu acho.

--------------

A Máquina, o filme (não colo link aqui, já falei muito dele), estréia dia 23 do corrente. Não entendi muito bem o slogan dos cartazes, "O Amor é o Combustível", hein? Não, não, não, não percebi o clima da peça nesta frase... Muito menos agradou-me ser a heroína protagonizada pela Mariana Ximenes, aquela Raísa-funkeira...

No mesmo dia chega o dvd de HP6 ao mercado, enfim Clarota verá e eu reverei. Muitos bons shows sendo divulgados na terrinha: Zeca Baleiro (07/04), Vanessa da Mata (25/03). Justo agora, no ápice das vacas magras...

-------------

Heloísa Helena é mesmo pré-candidata à presidente ? Uia... (vai ter entrevista com ela na segunda na Cultura)

--------------

Sem grana pra ir ao teatro? Senta que lá vem comédia, nas noites de sábado da Cultura, dez da noite... Vai sem preconceito que tem coisa boa. Deixa eu ir ver...

Pessoa e Chinelate. Juntos.


Fonte: aqui.

"Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a Lua toda
Brilha, porque alta vive.
"
(Fernando Pessoa)

16 de mar de 2006

Em busca do livro desejado

.

Tu já sabia? Eu não. Sim, é isso, o Google está com versão beta no ar de buscador de e-books.Parece-me que só tem até agora livro em inglês. Considerando que, ao buscar por "Machado de Assis" o sistema encontra "Esau and Jacob" (in english, sacou?)...

15 de mar de 2006

Aos Filhos de Peixes



"É peixe quando pula e descortina
A clara possibilidade de mudar de opinião
É peixe quando sem ligar a seta muda o rumo
Inverte a coisa, embola o pensamento e então ...
É peixe quando o germe da loucura
Se transforma em claridade e anda pela contramão
É peixe quando anda no oceano de quarenta correntezas
Sem nenhuma embarcação
É peixe quando salta o precipício da responsabilidade
Ee tem uma queda pra ilusão
É peixe quando anda contra o vento, desafia o sofrimento
E carrega o mundo com a mão
É peixe quando a luz do misticismo
Se transforma na procura do princípio e da razão
É peixe quando anda no oceano de quarenta correntezas
Sem nenhuma embarcação"


(Oswaldo Montenegro - do musical A Dança dos Signos)

14 de mar de 2006

O Atoleiro

É o seguinte.

Há coisas na vida que se precisa fazer sem que exista uma aparente explicação. Surge o impulso e aí... você vai. Obviamente muitos pensarão que estou a referir-me a sacanagens (que fixação, hein, gentem? Minha ou de vocês?), não é porém o caso (este é um blog familiar, não esqueçam).

Eis de onde saiu o atoleiro. De um impulso.

Preliminarmente devo dizer que este post desconjuntado foi imaginado a princípio como aqueles lindos guias que a Lu costuma postar, sobre suas experiências familiares: o que NÃO fazer para se ter um final de semana perfeito em família, e por aí vai. É impossível fugir `à personalidade e tentar forçar o plágio, entretanto. É impossível, pessoas, jamais se enganem.

O fato é que, súbito, após uma semana descaradamente complicada, e no afã pelo final de semana feliz em família, numa manhã de sábado eu me encontrei numa daquelas típicas situações-cômicas-depois-que-passam: eu, em minha batinha nova de algodão branco, a velha calça jeans capri preferida e os brincos combinando, os pés enlameados por conta de outros dois atoleiros, trepada na porta aberta sobre o pneu traseiro suspenso no ar de um carro que tinha a roda dianteira oposta atolada na lama, cuidando para não queimar o braço no capô que ardia, gritando "vai, vai, vai", pulando do meu posto feito uma doida, avaliando em segundos o estado geral da tragédia, e confirmando ao motorista "vai, vai, vai que dá"! E, milagre dos milagres, sendo a autora intelectual (ei, e braçal também, parcialmente!)da tirada do carro do atoleiro.

Graças a mim, eu sei. Eu sou danada mesmo, foi o que eu ouvi.

Que é que se ganha em tirar um carro do atoleiro? Não parece óbvio? Auto estima nunca fez mal a seu ninguém, né mesmo? Nem te ligo se a mancha de barro da batinha não sair...

Além disso, no caso específico, talvez não a benção de um final de semana perfeito em família, mas:

-a alegria de assistir um açude sangrar, e vê-la (ela de novo, a alegria) estampada na cara de toda uma gente;
-o privilégio de dormir duas noites numa imensa e antiga casa de fazenda sem energia elétrica (sempre não, mas uma vez perdida faz um bem e não vai te matar, eu recomendo);
-mostrar ao filho o que é um grilo, isso é essencial para o prosseguir da existência, gente!;
-e esquecer de tudo, esquecer de tudo, esquecer de tudo que cerca essa vidinha nossa de cada dia, porque até os problemas se cansam da gente, num sabe?

Fora as lições clichê: não se pode dominar a natureza; e viver novas experiências sempre importa. Além das filosofias: a noção do que é a perfeição é bem relativa e subjetiva...

Longa a sessão de hoje, não foi? Já sei, meu tempo terminou...

10 de mar de 2006

Ai, tô cansada.
Acho que vou seguir o conselho do Lenine, num sabe (Do it!)?

-------

Cadê minha lateral do blog?

Lembrança

Ser lembrado é sempre uma benção e um desafio, uau! Cês sabem que eu gosto, né... E achei ótima a convocação, porque refresca um pouquinho isso aqui, com esse calorão pós-momesmo que anda fazendo em Recife!

Adorei, meninas Ana e Maria, a simultânea lembrança desta que vos fala.

"Cada bloguista participante tem de enumerar cinco manias suas, hábitos muito pessoais que o diferenciem do comum dos mortais. E, além de dar ao público conhecimento dessas particularidades, tem de escolher cinco outros bloguistas para entrarem, igualmente, no jogo, não se esquecendo de deixar nos respectivos blogs aviso do 'recrutamento'. Ademais, cada participante deve reproduzir este 'regulamento' no seu blog."

1-Essa é batata. Roer unhas. Inclusive pensava eu ainda hoje em, quando surgisse a coragem, postar sobre o assunto...

2-Tocar no ombro das pessoas, quando passo por elas. Eu sei, muita gente odeia. Fazer o quê, estou ficando velha, mudar antigos hábitos é cada vez mais um problema...

3-Cantar, sempre que posso.

4-Sair arrumando as coisas por onde passo, dentro de casa. Isso já se tornou um sintoma daquelas coisinhas de nome feio de que falam os psicólogos, psiquiatras, terapeutas? Tô sem o mínimo tempo de procurar o nome, gentem....

5-Lavar os pés antes de dormir, não interessa onde esteja. Foi mamãe que ensinou, ô, vício...

Como regulamentos existem para serem quebrados (QUÁQUÁRÁQUAQUA), vou subverter um pouquinho a ordem e não indicar ninguém pro jogo. Não é por ser anti-social não, ou qualquer outra coisa que o valha, é falta de tempo aliada à preguiça de pensar mesmo... Sintam-se livres para entrar na ciranda... e isso é mesmo muito bom, para que a gente lembre da velha ciranda (a de dançar) em que todos são convidados!!!!!!!!

8 de mar de 2006

Cheeeeiiiiiiiiirrroooo!!!!!

Prás mulheres todas desse mundão internáutico!!!!!!!!!!!!

6 de mar de 2006

Prá relaxar - BBBzices

Taí um paredão em que não sei em quem votar. É apenas o segundo em que interesso em fazê-lo (votar), ademais. Pitacos?

4 de mar de 2006

Prá Gabi

Para uma Gabi Rosa Flor.

Não sei se devia postar este. Mas, enfim, é belo, e me ocorreu, ainda que não seja o melhor a ser dito. Espero que seja, como espero que tudo passe, porque tudo passa, sempre. E você, como deusa que é, sempre foi, deverá compreender isto. Se estiver tudo errado, me perdoe. Se não servir para este momento, que sirva como a certeza de
que estou aqui, e permanentemente estarei.

"Segue o teu destino.
Rega as tuas plantas,
ama as tuas rosas,
o resto é a sombra
de árvores alheias.

A realidade
sempre é mais ou menos
do que nós queremos.
Só nós somos sempre
iguais a nós próprios.

Suave é viver só.
Grande e nobre é sempre
viver simplesmente.
Deixa a dor nas aras
como ex-voto aos deuses.

Vê de longe a vida.
Nunca a interrogues.
Ela nada pode
dizer-te. A resposta
está além dos deuses.

Mas serenamente
imita o Olimpo
no teu coração.
Os deuses são deuses
porque não pensam.
"
(Fernando Pessoa)

1 de mar de 2006

Foi bom, meu bem?

Sabe o que é bom nessa vida? O bom é que o bem sempre se revela e surpreende. O bem sempre está ali, persistente, presente, onipotente.



Não peças jamais a santos, ou a Ave Maria, sinais. Não existem sinais. Existe a vida a desdobrar-se eternamente, em sua infinda beleza a mostrar-se. A vida se basta, e tudo se ajusta perante a vida. Busca o simples, afasta a falácia, o complexo. Escreve linhas por obediência à tua fé na palavra. Acredita na verdade, infinitamente. Reza teus salmos e nada temas. Ama o que deves amar e esquece os ritos em que não crês. Tua fé é tua vida e verdade. Há mundos muitos que se interpõem, e se sucedem, e se igualam, ainda que diversos. Dorme agora. E vela pelos teus, dentro dos teus sonhos.
(Cabo Branco, nesta madrugada)