2 de set de 2007

Palavra


Um sabor de sonho em sua boca me chama:
LOUCA.
Uma tinta clara em seu olhar me diz:
AZUL.
A gota de orvalho, verdinha em folha, tremula:
ÁGUA.
Silêncio no peito, reluz a chama, esse denso amor:
PALAVRA.

(A palavra tem toda cor.)






Nenhum comentário: