29 de set de 2007

Não tem jeito...

... Wagner Moura é o cara.





E é lindo, concordam? Pior que não recordo dele na apresentação de "A Máquina". Acho que só estavam o Wagner Britcha e o Lázaro Ramos. Um pena.




(Essa revista TPM exagera, afe. As fotos são de sua esposa, a fotógrafa Sandra Salgado)

É o cara.

Matou Taís e morreu bem prá caramba na cena trágica de final do novelão das 8.

Além do mais, ele já avisou, "num vai subir ninguém" nalgumas favelas do Rio, só ele comandando o Bope, kkkkk.

Foi dia de tragédia na teledramaturgia brasileira, a Eva "Mader" das 6 ficou cega e voltou a ver no mesmo capítulo, depois de ver a filha. Boooooaaaa. Foi psi-có-lo-gi-co.
Ela estava péssima na cena, adianto. Ela não vai ser a futura Glória Pires da Grobo, tenho certeza.

O Dr. bonzinho tá tentando matá-la ou é impressão minha? Não vejo o folhetim.

Agora vamos a mono.

2 comentários:

Mário Marinato disse...

Assino embaixo: Wagner Moura é o cara. Arrebentou em toda a novela, e não deixou por menos no final.

Aliás, que novela foi essa!!? A quantidade de cenas espetaculares por capítulo quadrado foi altíssima. Todo dia tínhamos aulas antológicas de interpretação.

Anônimo disse...

Ele é o melhor e mais lindo ator do Brasil. Sonho em dar um beijo nessa boca linda!