13 de jun de 2008

Ultimamente

Vou ver sites de notícias: não encontro nada, nada postável. Sério, sério mesmo. Faz tempo que nada vale a pena ou é engraçado.

Filmes. Gostei de Juno, vcs viram? De-li-ci-o-so. Muitíssimo inverossímel, sim, mas delicioso. Confesso que fiquei sua fã (da Juno). Quando eu crescer quero ser igual a ela.




Juno, em pose típica, e seu sapo.


Anturdia, emprestaram-me um filme chamado "Desafiando Gigantes", filme de auto-ajuda e coisa e tal. Ok, foi feito de boa intenção, o empréstimo. Mas o filme, fala sério, é uma boa merda. Quer dizer, como cinema. Como mensagem do Senhor, aí é outra estória.

Enquanto mensagem positiva, "Juno" ganhou.

Desculpe, Senhor, creio em Deus, mas não gosto desta coisa excessivamente expositiva da fé entre os muito religiosos. De levantar as mãos aos céus e dizer "Eu louvo o Senhor". Sim, é preconceito, já confessei e já assumi. Estou envelhecendo e visualizando meus podres. E não é apenas contra evangélicos. É contra católicos também e umbandistas. Até agora, só não tive essa sensação em relação aos espíritas e budistas, que enxergo como seres mais coerentes em suas expressões de fé.

Não que eu não os inveje. Os que tem fé.

Percebem como este blog permanece uma exposição estranha sobre aquilo que gosto ou não. Interessa?

Bas noite. Chove.

Um comentário:

Conrado Falbo disse...

oi sweet, também sou fã da juno! é muita segurança pruma pessoa só, e tudo com um senso de humor imbatível hehehehe