14 de jun de 2008

Memorial Globo

Ok, ok.

A canção no subtitle se deve a minha visita ao site Memorial Globo, que tão logo vi sendo anunciado tive vontade de conhecer. Aí, fui lá... viajei claro, em outros tempos. E não pode faltar a busca à novela Paraíso, em que eu era fis-su-ra-da nos meus 12 anos. Crianças, vocês não estão entendendo: eu era verdadeiramente enlouquecida pela Santinha e o Filho do Diabo, tal e qual a geração atual se dilacera com High Schooll Musical. Que menudos o quê! Eu adorava era a novela!


Olha a Santinha aí!


No site da Globo, dá para ver a abertura da novela. Pena que não dê para transportar para cá. Menino, que coisa michuruca! E o pior é que só aparece o Kadu Moliterno andando de moto para cima e para baixo, o que era aquilo? O homem era peão de rodeio!

Ah, não lembro mesmo se fazia algum sentido aquela abertura. Só sei que quando o Ney começava "Quem sabe um coração...", eu entrava em transe, hahahaha... Boas lembranças! Sinceramente, já não fazem mais novelas como antigamente...

Ando bem noveleira ultimamente, notaram, né... Humpf.

Memorial Globo, irei mais vezes. Quem sabe visitar o Concertos para a Juventude... Pena que não liberem trechos dos programas... Libera, Mãe Globo!

Jôka tá com sorte que não achei no Imee a música do Ney, senão ia prá trilha do Maio. HAHAHAHAHAH

Nenhum comentário: