28 de mai de 2008

E agora?

"Outro dia, um amigo biólogo me perguntou se eu gostaria de conviver bilhões de anos ao lado dos ectoplasmas de macaco, camundongo, besouro e formiga, trilhões de trilhões de vidas após a morte. 'Você vai passar a eternidade perguntando: É você, mamãe?’, até finalmente encontrá-la. 'Não somos biologicamente tão superiores aos animais como imaginávamos 2 000 anos atrás. É uma arrogância humana', continuou meu amigo biólogo, 'achar que só nós merecemos uma segunda vida."


Trecho de artigo do Stephen Kanitz, publicado na Edição 2061 da Veja. Leia-o completo aqui.






E agora? Acredito em que, diante desta argumentação que me parece irrefutável?


-----------


Dica: muito bons os artigos do Stephen Kanitz, e podem ser lidos não no site da Veja (que é exclusivo para assinantes), mas neste link seu que indiquei. Estão ordenados por tema aqui. Gosto daqueles sobre família, em especial. "A Escolha do seu Par", "Amor e Lealdade" e "O Cérebro Sexual", entre tantos. Está dada a dica. Depois me aventurarei nos outros temas.

Nenhum comentário: