3 de mai de 2008

Buenas

Eu andei pensando muito seriamente em parar este blog e até imaginei uma forma bem cinematográfica: o último post no dia 26 de maio próximo! Pobre! Fiquei até com peninha dele, do Maio, por ter tido tal idéia!

(quando a gente começa a tratar blog como gente significa dizer que os seus remedinhos estão desatualizados e o psi precisa rever a receita, anote-se)

Mas depois pensei.

Parar porque?
Porque parar?

Porque?
Ando sem assunto. Quando a gente começa a postar texto de Lya Luft é que o negócio tá sério.

Mas sabe que mais? Deixa ele aí. Quando der na telha apareço, viu? Vão não.


-------------


A Lu escreveu um post sobre o pior filme que viu, o que me fez roubar a idéia: ando tão abusada com filmes, não gosto de mais nada, daí que talvez fosse bom escrever sobre o que desgosto dos filmes. Não é da minha natureza, prumode sou do bem, mas, vamos lá. À Procura da Felicidade. Puta merda, filme bom, mas triste prá cacete. Eu ia morrer se a criatura no final de toda fudilância não arrumasse o tal emprego. Ah, não. Por favor, me indiquem boas comédias, ou filme de aventura. De drama, de choro, não, faz favor.

Ah, lembrei, assisti outro dia Stardust e gostei. Mas estou preguiça para escrever direito. Basta vocês saberem que é bom.

Brrrrrrr. Ui. Relaxar é esquisito. O mundo é bom, Sebastião.

Nenhum comentário: