7 de mar de 2008

Não precisava, mas...

Aquele último post, veio-me a posteriori a idéia, já estava perfeito para o Dia da Mulé. Afinal, que mulher não se encantaria ouvindo o Matt Damon chamando-a "doce namorada"? Nenhuma, né?

Por quê?

Porque, em linhas básicas toda mulher quer ser amada, toda mulher quer ser feliz. Verdade. A pura verdade, Dona Rita... Mulheres não querem poder. Não querem dinheiro. Sexo. Fama. Querem não. Mesmo aquelas que tem, e parecem que fizeram tudo para conseguir. São as "Britney Spears" da vida. "Mães assassinas, filhas de Maria, Polícias femininas, nazijudias, gatas gatunas, queengas no cio, esposas drogadas". Mulheres só querem ser amadas. Vejam só que criaturas tolas. O pior é que nos achamos o máximo por sermos assim, e me incluo no rol. "Margareth Thatchers" são exceções que só confirmam a regra.

Quando estava na primeira facul, anos atrás, alguém me mandou ler Educar para a submissão. Ali estava tudo dito. Fomos criadas para isso. Séculos e séculos de opressão. Foi? Será? Eu tenho algumas dúvidas, porque sou (ou fui) suficientemente aguerrida para duvidar. Ando meio vaca, mas não esqueci algumas coisitas. E, sinceramente, meu sexto sentido me diz que isto não é apenas fruto de condicionamento. Somos vacas porque nascemos para ser. Sabe aquela mensagem que rola direto via email sobre o anjo, a mulher ? Pois é.

E para completar, somos lindas. Não somos? Uma amostra, com a Britney.





E com esta que para mim é a mais bela. Sinceramente, não são apenas os homens que adoram a mulher, Deus também nos ama.



Letícia Sabatella


Uma última verdade, contudo, é esta: embora sejamos amadas pelos homens e por Deus, não nos compreendem ("Toda mulher se faz de coitada", kkkk). Estou muito certa disso. Quem nos entende? Só mesmo os compositores. Ah, os compositores. O Guilherme Arantes, por exemplo. É.


"Que mistério pode haver, na lágrima de uma mulher
Quando abre os seus segredos
Que momentos de aflição há no tremor da sua mão
Onde esconde os seus medos
"


Então, amigas, neste 08 de março, de novo, e pelos dias que se seguem, desejo apenas que vocês sejam muito amadas. Muito, muito, mesmo. Beijos.

Um comentário:

Conrado Falbo disse...

parabéns pelo dia da mulher, sweet.
olha essa letra: http://www.mpbnet.com.br/musicos/joyce/letras/mulheres_do_brasil.htm

(meu último comentário se perdeu não sei por que, vamo ver se esse vinga)