4 de nov de 2007

Notícias do Brasil

O Maio anda chato, vazio e sem canções novas sequer (salvo os livros na cabeceira que incluí na barra lateral), mas sua dona não. Não é preguiça. Digamos que é no aguardo de inspiração.

------------

Amanhã defesa da mono. Desejem-me sorte. Um tantinho fará bem.

------------



Cliquem na imagem que tem de onde veio (ela é minha amiga, divulgo com prazer - foi na Palpi). Lá, tem de onde veio. Vamos falar de direitos autorais (um tema chato, eu acho). Quem começou a blogar com este selo acima? Quem teve a idéia? Difícil!

Quem quiser salvaguardar seus direitos autorais, que ponha na imagem, se é que algum juiz consideraria isso suficiente numa briga verdadeira(kkkkkkkkkkkkk). Ok, ok, imagens na internet são protegidas por direitos autorais. Apenas agradeceria ser informada sobre a forma de controle destes supostos direitos autorais. Há registro? Quem me garante que todos que se arvoram em proprietários de imagens e textos o são de fato? Quem controla isso? Direitos são facas de dois gumes, aprendam, meros mortais que assim mereçam sem nomeados.

Outro dia coloquei o selo "Gentileza gera Gentileza" ao lado. Já o vi em outros blogs. Nem ligo. Eu o copiei de uma página sobre o Profeta Gentileza, a arte é dele próprio. A idéia de usá-lo como selo creio ter sido minha. Não tenho certeza. Difícil ter certeza neste ambiente dos blogs. E aí, como ficamos? Não ficamos. Aqui no Maio há poemas meus, de minha autoria. Corro o risco ver um livro de fulaninho(a) com os pobres poemas ali contidos? Corro. Não fiz nada para protegê-los. Estão na internet, um ambiente livre, sim, com direitos autorais protegidos por lei, mas direito necessita de prova, jamais esqueçam. E olha: no dia que eu quiser fazer qualquer coisa seriamente, não será num blog que eu postarei. Sorry. Conselho se dá, ouve quem quer.

Ademais, cá entre nós, caros colegas, vamos nos proteger de quem realmente oferece perigo, kkkk, não desta modesta blogueira que vos fala.

Resumidamente, pois: alguns acontecimentos para mim apenas esboçam um sinal de explícita grosseira insensata. Com a qual já perdi tempo em demasia. Me poupem. Não é por isso que tenho escrito pouco.

------------

A propósito: gostei deste cartaz, mas não gostei de outros que constam no site indicado no selo. Entrem por própria conta e risco e avaliem. Tirem suas conclusões.

------------

Vamos falar de gentileza porque GENTILEZA GERA GENTILEZA e VIOLÊNCIA GERA VIOLÊNCIA.

Cliquem e saibam o que é Gentileza. Sei lá, se quiserem, que quem tem filho barbado é gato. Humpf. :-P.

Nenhum comentário: