1 de jul de 2009

Prá não dizer que não escrevo...

O Bom dia IX já foi..

Então vamos ao VIII.









Bom dia VIII


A festa do canto
não aguarda a manhã que se aproxima.
Duelo, dança, diálogo?
Os pássaros se sabem.
Não são homens,
estes seres que apenas interrogam.
Encorpa-se o azul com os pingos gordos e lentos,
que a luz entorna no manto.


Nenhum comentário: