28 de abr de 2009

Bom dia X, X dias depois






Fonte.



Bom dia X

Tão cedo
e vem a manhã
três e madrugada.
Inda nem foi o ébrio e desesperado último da festa.
A luz desliga o som,
a brisa insone cala a noite e o sonho do poeta.







Agora tributário. Nada poético, claro.

Nenhum comentário: