13 de fev de 2008

Do sertão e otros







Ok, ok. Confesso. Pouca coisa me move, mas este bichinho aí me surpreendeu e, sim, forneceu uma alegria imediata. Ainda que seja triste vê-lo aprisionado. Mas, enfim, se o soltam, agora, ele não dura muito...


Falar de bichinho, estou com saudades de Meu Filho, que está em férias conjugais de sua dona. Deve ser isto este vazio, :-).
Ó, céus, trazei Meu Filho nesta sexta-feira ao lar... Eis sua fotos mais recentes, em uma atividade intelectual e, na sequência, subindo pelas paredes (ou melhor, descendo), não de saudades maternas, ainda.








Outra alegria imediata do dia: a notícia da gravidez de uma amiga que vinha tentando a tempos, tempos. Deu um pipoco no meu coração, e uma brisa macia invadiu-me completamente, por alguns minutos...


Sobre o assunto, olha o bebê... Bebê, bebê, bebê... Não, eu não sucumbirei novamente, eu adoro ser titia...





ps.: O tamanduazinho também é bebê...

Nenhum comentário: